17 de mai de 2012

Jack, o Estripador...(Meu ídolo *-*)



Jack o Estripador.

Muitos já ouviram esse nome, embora nem todos saibam quem ele realmente foi, Jack o estripador é - ou foi - o maior serial killer que ja existiu, e o primeiro de muitos. Pelas minhas deduções, creio que ele queria apenas limpar a bela Londres daquelas mulheres que vendem o orgão genital para ganhar uns trocados. Embora ele tenha feito apenas 5 vítimas, foi o suficiente para mobilizar toda Londres - e, creio eu, diminuindo assim o "trabalho" dessas mulheres - e fazendo com que a policia de Londres focasse apenas seu caso. Tanto tempo passou e ninguem conseguiu descobrir quem era "Jack o Estripador" este foi o primeiro motivo pelo qual esse assassino começou a virar uma "lenda" e atrair milhares de fãs dezenas de anos depois de seus crimes. Durante o periodo entre seus crimes, Jack enviou algumas cartas para a policia descrevendo como foram os crimes e desafiando o chefe de policia à pega-lo se puder, numa das cartas que foram consideradas pela policia - pois diversas cartas foram enviadas por outras pessoas se fazendo passar por Jack (ou nao) que foram ignoradas - Jack dizia que havia arrancado os dois rins de uma de suas vítimas, junto à carta, Jack havia colocado um dos rins e o outro ele havia escrito que tinha comido. Tanto tempo e tantas suposições foram feitas que chegou à um ponto que desconfiavam até dos judeus, embora quando isso começou a ocorrer, Jack pixou em uma parede as seguintes palavras: "The Jews are the men That Will not be Blamed for nothing." (Os judeus são aqueles que não serão culpados por nada.) Continua...

Como diria o próprio Jack o Estripador... Vamos por partes. 



Gente que acessa o blog, sei que fiquei muito tempo sem acessar o blog e atualizar postando coisas novas. Por causa disso tenho algo a dizer para todos que acessam o blog que é: "Foda-se, o blog é meu e eu posto quando eu quiser, mas obrigado por acessar ele :D".

Abaixo a foto de uma das cartas que Jack enviou para a polícia:

"Dear Boss" (Caro Chefe)

Nenhum comentário:

Postar um comentário